Notícias

Dados do Ministério da Saúde

De acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, em 2009, a cada três pessoas que morreram no Brasil com idades entre 20 e 59 anos, duas eram do sexo masculino. Se analisarmos os óbitos de brasileiros entre 20 e 30 anos, tal proporção sobe para quatro em cada cinco mortes.

De acordo com o sistema, de todos os óbitos que ocorrem no país, os homens correspondem a quase 60% e as principais causas de morte nessa população específica são as doenças do aparelho circulatório, as causas externas (como homicídios e acidentes) e o câncer, respectivamente.

Informações do ‘Vigitel Brasil 2008’, um sistema de vigilância para doenças crônicas, apontam que fatores de risco para diversas doenças, como o tabagismo, o consumo excessivo de álcool e o excesso de peso, são mais frequentes entre os homens. Além disso, indivíduos do sexo masculino são menos propensos a procurar auxílio médico e caracteristicamente consultam com profissionais de saúde em estágios mais avançados da doença, em comparação ao sexo oposto.


  Voltar